ELETROESTIMULAÇAO MUSCULAR: APLICAÇÕES

A principal aplicação da eletroestimulação é realizada analiticamente. No entanto, o resultado dos avanços tecnológicos e do conhecimento, o progresso tem sido feito sobre este conceito e já apareceu eletroestimulação global. De MYOX EMS nós desenvolvemos a seguinte classificação:

 

ELETROESTIMULAÇÃO ANALÍTICA

  1. O polo negativo na origem do músculo.
  2. O polo positivo no ventre muscular (pois é o ponto de maior excitabilidade).
  3. Ou, em diferentes ventres de um mesmo músculo, como por exemplo o quadríceps.
Electroestimulación muscular aplicada en cuádriceps simultánea a trabajo dinámico. Equipo: Compex SP 8.0. Fuente: www.myox.fit

A principal vantagem deste tipo de estímulo é a capacidade de individualização do treinamento, ou seja, que poderia induzir uma estimulação seletiva de um grupo muscular, e até mesmo estimular um ventre especificamente, por exemplo no caso de tentativa de estimular o músculo vasto interno do quadríceps ou também alguns feixes musculares, por exemplo, as fibras superiores do trapézio.

 

ELETROESTIMULAÇÃO MEDIANTE CO-ATIVAÇÃO E CADEIAS CINÉTICAS

Esta seção será desenvolvida com base nos dois sistemas que foram criados e desenvolvidos por Juan Peris (diretor de MYOX.FIT). O primeiro destes é eletroestimulação por co-ativação. Os procedimentos deste sistema consistem na colocação de eletrodos “encerrando” os circuitos mediante antagonismo muscular, ou seja, o polo positivo de um mesmo circuito estaria localizado no ventre de um músculo e o negativo no ventre de seu antagonista.

Electroestimulación muscular aplicada mediante co-activación en bíceps y tríceps.
Equipo: Compex SP 8.0. Fuente: www.myox.fit

 

Este sistema foi desenvolvido sob diferentes hipóteses:

  1. Que não envolve uma desvantagem no propósito do treinamento sobre a excitação do músculo antagonista em uma ação muscular onde pode ser gerar uma maior resistência ou oposição à ação motora do agonista.
  1. Aplicação ás ações pliométricas onde a co-contração dos músculos antagonistas dão ao desportista um instante de estabilidade que permita a tomada de decisões (por exemplo, uma mudança de direção mediante ao impacto).
  1. Permitir treinamentos cujo propósito seja gerar o máximo stress muscular a nível concêntrico e sobretudo, excêntrico. Seja com objetivos de hipertrofia ou objetivos de sujeitar a estrutura muscular a grandes cargas excêntricas acima, mesmo de competitivas.
  1. Poder executar exercícios que visam melhorar o equilíbrio, por exemplo quando encerramos um circuito de tibial anterior medial duplo de modo que se contrai toda a musculatura da perna e as sensações de estabilidade são maiores.

O segundo sistema criado e desenvolvido por J.Peris, é a eletroestimulação por cadeias cinéticas. Este sistema consiste na distribuição em ” cadeia” dos circuitos de modo que em um só impulso elétrico permita estimular de forma simultânea o conjunto de músculos implicados em um mesmo padrão de movimento.

Se sugere a colocação de um polo positivo em um ventre muscular e o negativo deste mesmo circuito ao ventre do seguinte musculo implicado, em caso de que vá continuar a cadeia a um terceiro musculo se deve aderir um polo negativo compartilhando eletrodo com o negativo do musculo anterior (os eletrodos com dupla conexão sempre devem ser a mesma polaridade em caso de que se ocupem ambas conexões) e o positivo ao seguinte musculo da cadeia em questão.

Electroestimulación muscular aplicada en cadena con propósito de reeducación de patrón motor y corrección postural.
Musculatura estimulada: deltoides posterior, interescapulares y erectores espinales.
Equipo: Compex SP 8.0. Fuente: www.myox.fit

 

O sistema de eletroestimulação muscular mediante cadeias cinéticas é aplicada em:

  1. Exercícios de reeducação postural (veja foto anterior), onde se poderia escolher o conjunto de musculatura implicada ante uma necessidade especifica e induzir sua contração de modo simultâneo.
  2. Em execuções técnicas como o desiquilíbrio de um companheiro/oponente como pode suceder no judô onde, por exemplo, mediante esse tipo de estimulo poderia contrair-se de modo simultâneo a musculatura do membro superior e tronco implicada na ação técnico-desportiva. É conveniente recordar que deve ser sincronizada sempre com a ação voluntária do gesto técnico em questão para criar adaptações especificas.
  3. Em execuções técnicas funcionais das atividades cotidianas da vida diária ou da vida diária laboral.

 

ELETROESTIMULAÇÃO GLOBAL

Tecnologia desenvolvida por meio de ações de eletroestimulação: é realmente difícil dar nuances claras em relação a este sistema, pois as diferentes casas comerciais optam por diferentes critérios ao distribuir circuitos para alcançar esta estimulação global. Estes trajes permitem controlar as intensidades em cada área muscular. Eles conseguem estimular quase todo o corpo de forma simultaneamente se tornando um sistema de estrelas, quando o fator tempo é um fator determinante. Mas sim, é importante ter em conta as particularidades de cada cliente, pois uma eletroestimulação global pode assumir ao mesmo tempo, um aumento do risco de sofrer as consequências de um possível aumento lesão muscular.

Entrenamiento con electroestimulación global Fuente: www.myox.fit

 

 

JUAN PERIS

juan@juanperis.fit

Traduzido por:

THAIS DE MOURA

thais@thaisdemoura.fit

Deja tu comentario